A agressividade nas crianças. Como ajudar e como lidar!

A Raiva é uma das emoções básicas do ser humano. E as crianças podem saber usá-la ou não.

A palavra agressividade vem do latim aggredi que significa “caminhar em direção”, “ir ao encontro”.

A agressividade nas crianças é natural, como processo de desenvolvimento, de defesa e proteção.

Mas nos dias de hoje o mundo das nossas crianças é ilustrado com situações de agressividade extrema e agressividade “comum”.

Como perceber a boa agressividade e a má agressividade?

Como perceber se a criança é agressiva ou passiva?

Neste WS Aberto os pais, educadores e todos os adultos interessados vão tomar consciência deste tema tão contemporâneo.

Investimento: Entrada livre
Data: 21 de Novembro 2017 das 19h às 21h
Local: CPSB – Av. 5 de Outubro, n.122, 5º Esq.

Confirmação obrigatória para o e-mail ou telefone
geral@cfpsb.com ou +351 217 935 326

Patrícia Querido

Professora

Psicóloga Especialista em Educação e em Psicoterapia pela OPP, Psicoterapeuta Somática em Biossíntese, Professora Local do CPSB, Diretora do Departamento Biossíntese Crianças e Jovens do CPSB, Supervisora de Psicoterapeutas de Crianças e Jovens. Atende em Consultório Privado Adultos, Crianças e Jovens há mais de 13 anos, foi Professora dos Cursos de Educação e Formação do Ministério da Educação. Pós-Graduada em Neuropsicologia da Educação. Formadora Certificada com experiência em palestras e comunicações, inclusive na RTP. Presidente da APPC, Associação Portuguesa de Psicoterapia Corporal.